Divulgar a imagem/intimidade da pessoa em sites de notícias com o objetivo denegrir, gera indenização por danos morais?

  • 18 de Outubro de 2021

Com o avanço da tecnologia ficou muito mais acessível levar as informações às pessoas pelos canais de divulgação, seja nas redes sociais, jornais físicos, rádios e televisões, informações estas de amplitude regional, estadual e até mesmo de extensão nacional.

Diante disso, não raras as vezes estes meios de comunicação divulgam fatos que ocorreram com determinada pessoa, seja um crime, uma conduta contra os princípios morais etc. contudo, a forma que a notícia é realizada e divulgada, sem muitas vezes se quer ter uma apuração eficaz dos fato, possui o único objetivo de ganhar repercussão e denegrir a imagem da pessoa frente ao seu trabalho, amigos e familiares.

Assim, sendo constatado que ocorreu um excesso no momento em que foi divulgado a informação/notícia, extrapolando o que realmente aconteceu, é plenamente possível requerer uma indenização por danos morais.

 

Direito Civil

por MARCELO DE OLIVEIRA