Estelionato sentimental e seu conceito

  • 6 de Dezembro de 2021

Estelionato ou fraude sentimental, também conhecido como violência financeira. Esse tipo de violência não deixa hematomas no corpo, mas deixa marcas na alma e na conta bancária.

Toda circunstância ocorre caracterizando determinados perfis. Os ataques de um gigolô, como popularmente chamados, geralmente são analisados em relacionamentos relâmpagos, onde tudo acontece muito rápido. Esse homem é vítima de sua existência, o que causa penúria da sua companheira. É modalidade de um crime, o tema é abrangente e encontra dificuldade de ser debatido na sociedade. A mulher sustenta o homem, seus vícios, seus luxos em troca de uma segurança fictícia.

Esses homens têm um perfil básico, geralmente são mais jovens que as mulheres, não querem filhos, pois não querem se comprometer com obrigações, não tem formação superior e vivem "enrolados" na administração da vida pessoal e no trabalho. Suas vítimas têm características vulneráveis, geralmente são mulheres mais velhas, com alto nível intelectual, curso superior, carreira consolidada. Portadoras de boa-fé, o que as fazem acreditar que a pessoa sempre vai melhorar. Esta relação traz consequências nefastas ao patrimônio e à auto estima.

Procure ajuda profissional. Conheça seus direitos! Se resguarde. O abuso financeiro é um dos tipos de violência patrimonial, situação descrita na Lei Maria da Penha (artigo 7º – Lei nº 11.340/2006), como qualquer conduta que configure retenção, subtração, destruição parcial ou total de seus objetos, instrumentos de trabalho, documentos pessoais, bens, valores e direitos ou recursos econômicos.

 

Direito da Família
por: Clariana Laurentino