Governança Corporativa nas empresas familiares

  • 14 de Junho de 2021

Companhia de administração familiar são aquelas empresas cujo controle ou gestão é exercida por uma ou mais famílias, de forma majoritária sendo este grupo quem define os planos estratégicos, financeiros e geração de valor.

 

Uma empresa familiar nasce a partir da atuação de uma pessoa pelo seu próprio mérito. Essa pessoa se torna um (a) empreendedor (a) que funda a entidade, e no decurso de tempo, dá espaço aos seus familiares na composição da propriedade ou gestão, permitindo que estes assumam o controle da entidade na ausência do seu fundador.

 

As empresas familiares contam com alguns objetivos, tais como, união familiar, legado positivo, prestígio, boa reputação, etc. Uma forma para atender os supostos objetivos, é o advogado sugerir e formatar conselhos de empresas familiares com focos específicos, como por exemplo, a memória da parentela, o patrimônio, educação familiar e cultura.

 

Portanto, para medir o sucesso e a geração de valor em empresas familiares nem sempre são utilizadas as mesmas alternativas e instrumentos de outros formatos de entidades, o que também acaba por influenciar os mecanismos e modelos de Governança Corporativa a serem colocados em prática.

 

Direito da Família 

por Uelinton Ramos