Posso bloquear o pai do meu filho no WhatsApp?

  • 22 de Julho de 2022

O indicado é que ambos os genitores esqueçam as diferenças e os problemas pessoais, e dediquem as conversas para resolver questões sobre os filhos, e decidir em conjunto.

Mas sabemos que nem sempre isso é possível, e vez ou outra, alguém extrapola, e usa o único canal que vocês tinham para decidir as questões das crianças, como meio de ofensa, xingamentos, pressão psicológica, etc.

No caso do exemplo, estamos falando de pais que não usam o WhatsApp para conversar sobre os filhos, e sim, como meio para atacar as mães.

Nesse caso, quando bloquearem, não esqueçam de deixar registrado que vocês ofereceram ou informaram outro canal para conversarem (e-mail, telefone, Telegram, ou outro WhatsApp desvinculado do número pessoal), pois eles vão argumentar que vocês estão dificultando o acesso à informação (mesmo sabendo que não é verdade).

Guardem também, as provas de que o WhatsApp nunca foi utilizado só pra tratativas dos menores, e que o pai usava para ataques (dessa forma, se ele argumentar algo, vocês derrubam a alegação).

Direito de Família.
Por: Uelinton Ramos