Seguradora pode recusar a indenizar vítima de acidente de trânsito por motivo de embriaguez do segurado?

  • 2 de Outubro de 2021

Muitas pessoas contratam seguro veicular para proteger seu bem em caso de acidente, roubo, furto, bem como, danos que porventura venham a causar a terceiros diante de um acidente de trânsito. 

.

Assim, em um caso hipotético onde João, após ter ingerido bebidas alcoólicas e substâncias psicoativas, pega seu veículo para voltar para sua casa, momento em que ao realizar uma manobra perigosa colide com outro carro que por ali passava, causando o falecimento do outro condutor no local.

.

Nesta situação, por mais que o segurado (causador/culpado) esteja sob efeito de álcool e/ou substância psicoativas, a seguradora será obrigada a indenizar os familiares da vítima em eventual ação judicial ajuizada junto ao Poder Judiciário. 

.

Portanto, informa-se que por mais que o causador (segurado) do acidente esteja embriagado e/ou sob efeito de substancias psicoativas, a segurada será obrigada a indenizar terceiros.

.

Direitos Morais

por Marcelo de Oliveira